Esporte

Escuderia Alpine F1 Team prolonga série de pontuações em desafiante GP da Turquia

A escuderia Alpine F1 Team já tem na conta 15 chegadas consecutivas nos pontos, com o décimo lugar de Esteban Ocon no GP da Turquia prejudicado pela chuva. Fernando Alonso terminou fora dos pontos, depois que um incidente na primeira curva com Pierre Gasly acabou com suas esperanças, apesar de ter largado de uma posição promissora no grid.

A largada foi dada com pista úmida em razão da garoa insistente que caía no Circuito Istambul Park (5.338 km). Ambos os pilotos fizeram uma boa largada, com Fernando assumindo momentaneamente a quarta posição na saída da primeira curva, mas um forte contato vindo da traseira ocasionado pela Alpha Tauri de Pierre Gasly fez o A521 rodar na pista e cair para o final do pelotão.

Esteban conseguiu evitar problemas na primeira curva, ficando próximo do top dez após as primeiras ultrapassagens. Depois do incidente, Alonso tentou penetrar no pelotão, mas durante seus esforços o espanhol tocou a traseira da Haas de Mick Schumacher na quarta curva, sofrendo uma penalidade de cinco segundos pelo incidente.

A corrida se estabilizou com pouca ação, em uma pista ainda úmida. Alonso optou por colocar novos pneus intermediários na 31ª volta, aproveitando para cumprir a penalidade de tempo durante sua parada no box.

Enquanto isso, Esteban continuava fazendo pressão sobre os dez primeiros, tomando a decisão de se manter firme na pista durante todas as 58 voltas da prova. Com uma excelente gestão dos pneus, o francês subiu para o top 10, contendo as investidas de Antonio Giovinazzi para cruzar a bandeira quadriculada na décima posição, com pouco menos de um segundo de vantagem sobre o italiano.

Fernando Alonso terminou em 16º, ao final de um domingo frustrante para o bicampeão mundial de Fórmula 1.

Esteban Ocon / Largada: 12º – Chegada: 10º:

“É muito bom marcar um ponto nesta corrida, após um fim de semana difícil e uma corrida tão longa. Valeu a pena correr o risco de continuar até o final com um único jogo de pneus. Isso não acontece com muita frequência, então foi bacana dar uma pausa para a equipe no box hoje! Lembro que esta mesma estratégia também foi possível no ano passado neste circuito. Foi difícil, mas os pneus deram conta e nossos esforços foram finalmente recompensados. Também gostei das brigas na pista. Conseguimos abrir caminho e foi bem divertido. Espero que possamos nos basear no resultado de hoje para conquistar ainda mais na próxima corrida.”

Fernando Alonso / Largada: 5º – Chegada: 16º:

“Hoje as condições de prova foram traiçoeiras devido à pista escorregadia. Infelizmente, nos envolvemos em duas colisões, que prejudicaram nossa corrida. O Pierre [Gasly] foi prensado na curva e acabou atingindo a minha traseira. Sinto muito por ter batido no carro do Mick [Schumacher] na quarta curva. Tentei fazer uma ultrapassagem, mas estava muito difícil ver todos que estavam por perto nestas condições úmidas. Não tivemos muita sorte hoje e é uma pena não termos podido aproveitar nossa excelente posição no grid. Apesar disso, a equipe conseguiu marcar um ponto e agora seguimos para Austin esperando ser uma mudança na nossa sorte.”

Marcin Budkowski, diretor executivo

“Hoje a equipe teve um fraco resultado. O Fernando foi atingido pelo Gasly na primeira curva e acabou tendo outro incidente com o Schumacher. A partir de então, a corrida dele foi seriamente comprometida. Ele não conseguiu recuperar o ritmo, mesmo após a fase de granulação dos pneus e agora vamos verificar se o carro dele foi danificado por estes dois contatos. Este resultado é frustrante porque ele largou em quinto, principalmente quando vemos a posição em que o Gasly terminou a prova. Já o Esteban apresentou uma excelente performance na gestão dos pneus. Ele percorreu toda a prova com um único jogo de intermediários para conseguir salvar um ponto. Foi um bom resultado tendo em vista que ele largou em décimo segundo, em uma prova que não teve abandonos. Mesmo tendo mantido nossa série de pontuações em quinze provas consecutivas, perdemos terreno em nossa luta pelo quinto lugar no campeonato. Agora, vamos nos concentrar na próxima etapa, em Austin, onde nosso foco será a recuperação”.