Variedades

Sorria! Hoje: 2 de outubro, é o Dia Mundial do Sorriso!

Sorria, você está sendo filmado. Cansamos de ler essa frase, né?! E que frase! Mas será que já paramos para entender o poder que ela representa? Ela deveria estar escrita em todos os cantos da cidade. Sorria, você está vivo! Sorria você está no trânsito! Sorria, você está em casa com a sua família! Sorria, você está chegando ao trabalho! Sorria, você pode mudar o dia de alguém!

Hoje, 2 de outubro, no Dia Mundial do Sorriso, vamos falar sobre a importância do Sorriso. A maioria de nós sorrimos apenas quando ouvimos uma piada. Que bom!

Esse é o sorriso espontâneo, que melhora o humor, otimiza os relacionamentos e nos permite transmitir emoções sem a necessidade de palavras.

Mas o sorriso é muito mais que sorrir em momentos felizes. Segundo os neurocientistas é um amortecedor incrível e uma ferramenta poderosíssima de transformação de estado emocional.

O neurologista Guillaume Duchenne, em meados do século XIX, defendeu um sorriso diferente. O sorriso forçado.

Nada de ruim tem nele, tampouco falso. É um tipo de sorriso que se origina com a contração dos músculos zigomáticos maior e menor próximo à boca, que, por sua vez, elevam os cantos dos lábios.

Quando você começa a praticá-lo, o cérebro entende que você está feliz e todo o seu corpo reage com emoções positivas. Ele libera dopamina e endorfina, responsáveis pela sensação do prazer ou de anestesiar os sofrimentos que estamos passando. Que por sua vez, reduz a liberação de cortisol, o hormônio do estresse.

E quando estamos felizes produzimos e vendemos 30% mais. Até porque quando chegamos em uma loja, por exemplo, queremos ser atendidas pela vendedora com um sorriso, né?!

Ficamos também mais criativos e temos mais facilidade para resolver os problemas. Tudo porque nosso cérebro desconhece o real do imaginário. Se comunicamos a ele que estamos felizes, ele vai interpretar o nosso físico. Façam o teste!

Quando chegamos em um lugar e ninguém nos conhece, o sorriso é um grande amortecedor, pois passamos a sensação de otimismo, simpatia e leveza.

Espalhando sorrisos!

O mais bacana de tudo é que podemos espalhar sorrisos. Transformar a nossa casa, o nosso ambiente de trabalho, o trânsito e todos os lugares onde frequentamos graças aos neurônios-espelhos. Se você estiver sorrindo, quem olhar para você começará a sorrir.
Bora sorrir, mesmo com os olhos?!

Abilene Rodrigues, é esposa do Samuel, mãe do Davi e da Ana. É jornalista, coach e pós-graduanda em Neurociência e Performance Humana. Saiba mais em https://www.instagram.com/abilenerodrigues/