Variedades

Prati-Donaduzzi reúne colaboradores de suas 31 filiais para treinamento inédito

Antes da visita na unidade fabril , o grupo foi para Foz do Iguaçu para conhecer o Parque Nacional do Iguaçu, onde abriga Cataratas do Iguaçu.

Pela primeira vez a Prati-Donaduzzi reuniu em Toledo (PR) os colaboradores das suas 31 unidades de distribuição presentes em 25 estados da federação para passarem por um ciclo de aprendizado e desenvolvimento. Além disso, o encontro serviu para alinhar as expectativas junto a esses profissionais sobre os planos de crescimento da companhia.

Durante dois dias, 2 e 3 de julho, mais de 30 profissionais entre supervisores, responsáveis técnicos e analistas que atuam nas unidades de distribuição e na matriz tiveram a oportunidade de conhecer todo processo de fabricação dos medicamentos desde o planejamento e controle de produção até a área de carregamento dos caminhões de onde saem todos medicamentos que chegam em suas filiais diariamente.

Esses profissionais atuam diretamente nos processos operacionais das distribuidoras que consiste em receber e armazenar os medicamentos, separar produtos e pedidos, conferi-los, fazer sua expedição e coordenar o transporte até o cliente final. Para que o processo de entrega ao cliente aconteça, as filiais contam com diferentes modelos de operação (própria ou terceirizada), além do apoio de transportadoras.

Segundo o gerente de distribuição e atendimento do cliente, Felipe Maziero, o objetivo do encontro foi proporcionar qualificação e conhecimentos desses colaboradores que auxiliam na entrega dos medicamentos. “Eles são peças fundamentais na nossa logística. E nos representam em todo o país, consolidando a marca no mercado e as estratégias de crescimento”.


Aprendizado

“Foi um encontro maravilhoso, com muitos aprendizados e valores. Levo desse momento, amigos, objetivos e no coração o que há de melhor para crescer na Prati-Donaduzzi”, disse farmacêutica Vanessa Colinski, que atua no Centro de Distribuição de Jandira, São Paulo.

Já o farmacêutico Mario Dinelli veio do Espírito Santo avaliou o encontro como positivo. “Estou na Prati desde 2014 e a imersão me permitiu conhecer as pessoas com quem trabalhamos, a missão empresa, processos de trabalho, aprendi muito nesses dois dias”.

No momento do encerramento das atividades, durante realização de dinâmica sobre o que levariam desses dias na indústria, foram citados frases e palavras como: orgulho roxo, família Prati, vontade de fazer melhor, gratidão e atitude.

Visita às Cataratas

Antes da visita na unidade fabril da Prati-Donaduzzi para conhecer os processos de trabalho, o grupo foi para Foz do Iguaçu para conhecer o Parque Nacional do Iguaçu, onde abriga Cataratas do Iguaçu.

*IQVIA MAT MAIO/2019 PMB + NRC Doses Terapêuticas

Deixe uma resposta