Esporte

Decisão do Brasileiro de Turismo será em Interlagos

 

“Sem imprevistos hoje, graças a Deus. No começo da corrida o Guimarães estava muito rápido, eu fiquei impressionado. Eu comecei a tentar me defender, mas ele estava mais rápido do que eu e conseguiu a ultrapassagem. A partir dali eu comecei a pensar em economizar pneus, e foi isso que comecei a fazer. Ele teve problemas, entrou o Safety Car e então eu tentei andar o mais ‘liso’ possível. O carro estava se comportando muito bem; consegui poupar pneus e isso foi fundamental para a vitória aqui”, disse Campos que chegou a ser ultrapassado por Guimarães na curva 1, mas logo o brasiliense parou com problemas técnicos no carro #66, o que forçou a entrada do Safety Car para a retirada do bólido.

Com a vitória, Campos ampliou sua liderança no campeonato e alimenta 26 pontos de vantagem para Dennis Dirani, que chegou em quarto lugar. A decisão do título, assim, fica para a etapa de São Paulo no dia 13 de dezembro em Interlagos – a corrida terá pontuação dobrada, o que deixa apenas o pilotos da Motortech e da Shell Racing em condições de conquistar o título.

Marco Cozzi, que teve de trocar o motor de seu carro do treino livre para o classificatório, subiu ao pódio em terceiro lugar e recuperou a terceira posição na tabela, agora com 112 pontos contra 143 de Dirani e 169 de Campos. A diferença para o líder, no entanto, já supera os 40 pontos que estarão em jogo na decisão, e assim o paulista não tem mais chances de conquistar o título.

 Foto: Duda Bairros/Vicar

Deixe uma resposta