Lançamentos

Economia: Clio, o mais econômico da categoria

 

Mesmo com a chegada dos modelos 1.0 de três cilindros, o título de mais econômico da categoria obtido pelo Clio 1.0 16V, atestado pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), não foi abalado. 

Para chegar ao resultado, o Inmetro avaliou dados de 692 modelos/versões de 36 marcas em 2015. Entre eles, apenas 164 (23,7%) foram classificados com nota “A” e receberam o selo Conpet de Eficiência Energética.

Enquanto seus concorrentes fazem no máximo 13,8 quilômetros com um litro de gasolina na cidade, o Clio faz 14,3 km/l. Na estrada ele é capaz de rodar 15,8 km/l. 

Embora um de seus pontos fortes seja a economia, não é só do pouco consumo de combustível que vive o Renault Clio. Ele é barato tanto na hora da compra como também na manutenção, mas não economiza nos equipamentos que o deixam interessante.

Um exemplo é o conta-giros equipado com ecomonitoramento, para uma direção mais sustentável. Trata-se de um sistema inteligente que indica a hora certa para a troca de marcha com base no estilo de condução do motorista, proporcionando um rodar mais agradável e econômico.

Além dessa característica e de sua agilidade, o automóvel tem curvas arredondadas e modernas, com um design diferenciado por dentro e por fora.

As lanternas traseiras foram reformuladas e agora apresentam vincos que acompanham a tampa do porta-malas, dando um ar de contemporaneidade para o Renault Clio. Os faróis vêm com máscara negra e os filetes cromados. 

Já o espaço interno garante conforto aos ocupantes. O Clio pode vir com ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos, trava elétrica com comando a distância por radiofrequência, travamento central das portas, cintos traseiros retráteis, e revestimento de proteção no banco do motorista.

 

Deixe uma resposta