Variedades

Recebeu ‘whats’ sobre aumento das multas? A gente explica

Uma mensagem que circula nas redes sociais, especialmente por whatsapp, pretende alertar os motoristas sobre supostos aumentos nos valores das multas de trânsito, inclusive na penalidade para o uso do celular ao volante. Porém, diante da onda de fake news (notícias falsas) que tem invadido as redes, a reportagem da Sobre Rodas foi atrás de esclarecer a informação e adivinhem? Trata-se de mais uma informação mentirosa com o intuito de confundir os leitores.

Confira abaixo a mensagem recebida hoje por uma de nossas editoras, Cecília França..

O último aumento no valor das multas de trânsito no País aconteceu em novembro de 2016, quando as infrações leves ficaram 66% mais caras, as médias e graves subiram 52% e as gravíssimas, 53%. Neste último caso, existem situações consideradas de alta periculosidade em que o valor pode ser multiplicado. Dirigir embriagado, por exemplo, prevê multa de R$ 2.934,70, dez vezes mais que infrações gravíssimas normais.

Valores de multas vigentes, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB):

Infração leve- R$ 88,38

Infração média- R$ 130,16

Infração grave- R$ 195,23

Infração gravíssima- R$ 293,47

“Ultrapassar em faixa amarela contínua”, por exemplo, configura infração gravíssima e o valor da multa é multiplicado por cinco, dada sua gravidade, alcançando R$ 1.467,35.

Os outros dois casos citados na mensagem que se espalhou pelo whatsapp – “Usar celular ao volante” e “Avançar o sinal vermelho” – também configuram infrações gravíssimas, porém, com valores normais de multas: R$ 293,47.

Deixe uma resposta