EditorialLançamentos

Retrospectiva: Sobre Rodas testou 50 carros de 18 marcas em 2018

O ano de 2018 foi marcado por muitos lançamentos: hatch, sedã, van e utilitário esportivo (SUV). Modelos que vão desde os mais econômicos até os mais luxuosos. Mais espaçosos ou menores. Sem contar os elétricos e híbridos que começam a cair no gosto do brasileiro.

Foto: Favania Andrieli

Em 2019, o setor promete muitas novidades. Segundo executivos das montadoras, o setor mudará mais nos próximos 10 anos que nos últimos 50.

Ao longo do ano reportagem da Sobre Rodas testou e publicou suas impressões de 50 modelos de 18 marcas. Desses, 14 passaram pelas mãos do nosso colaborador, o jornalista Roberto Nunes; dois pelo crivo da jornalista Cecília França e 34 foram testados pela jornalista Abilene Rodrigues.

Entre eles estão:

  • Audi: A3 Ambiente
  • BMW: X2 Lifan: X80
  • Caoa-Cherry: Tiggo 5X e Arrizo 5
  • Chevrolet: Spin Activ, Cruze Sport6 Turbo, Tracker, Equinox Prime, Equinox LT, Onix LT, Onix Activ e Camaro
  • Ferrari: 360 Modena
  • Fiat: Cronos 1.3 GSR, Cronos Precision 1.8 e Argo HGT
  • Ford: Ka Free Style, Ka 1.0, Ranger 3.2 Diesel Limited e Mustang
  • Honda: Civic, CRV e City
  • Hyundai: Creta Prestige 2.0 e Creta 1.6 Pulse Plus
  • JAC: T50
  • JEEP: Compass Limited
  • Kia: Stinger GT
  • Mercedes: Classe C
  • Mitsuibishi: Eclipse Cross e ASX
  • Nissan: Leaf e Frontier
  • Renault: Kwid
  • Toyota: Yaris hatch XL Plus Tech, Yaris Sedan XLS, Prius e Corolla XEI
  • Volvo: XC40, XC 60
  • VW: Virtus, Jetta 1.4 TSI. Tiguan AllSpace, Gol 1.6 MSI, Voyage 1.6 MSI, Amarok

Eclipse Cross

O Eclipse Cross é o novo utilitário esportivo da Mitsubishi. Com um design estimulante e um motor bastante ousado, ele remete ao inesquecível Eclipse. Somando ao DNA 4×4 da montadora dos três diamantes.

O utilitário com uma pegada cupé veio para aumentar a família de SUVs da Mitsubishi Motors. Tanto no preço, como no estilo, ele fica entre o ASX e o Outlander. São duas versões. A única diferença é a tração. O 4×2 custará R$ 149.990 o 4×4 será vendido por R$ 155.990. Concorrerá diretamenta com modelos já consagrados como: BMW X1, Audi Q3, Mercedes GLA, Kia Sportage, Hyundai New Tucson e o SUV mais vendido, Jeep Compass.

Não é exagero dizer que tudo nele impressiona: por dentro e por fora. O motor 1.5 MIVEC Turbo 1.5L com dupla injeção tem 165cv de potência e 25,5 kgf.m de torque não é só potência, mas tecnologia de ponta. A cada toque no volante, uma sensação única de descobertas, que se revelam a cada momento de maneira ímpar, cercada pelo conforto e sensação única ao dirigir.

Leia Matéria Completa

Jetta 1.4 TSI

Foto: Favânia Andrieli

Até pouco tempo carros com motor acima de 2.0 eram considerados potentes. Mas com a evolução da tecnologia, esse paradigma mudou. A prova é o Novo Jetta 1.4 TSI R-Line Total Flex (de até 150 cv e 250 Nm de torque) e transmissão automática de seis marchas (com conversor de torque) com função Tiptronic.

Que arrancada! Ele vai de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos, mas quando se acelera forte, a sensação é de o corpo grudar no banco do carro. Típico dos superesportivos.

Mas não é só o desempenho o diferencial do Novo Jetta. Ele está maior e mais inovador, por dentro de por fora. (Abilene Rodrigues)

Leia Matéria Completa

Equinox

Foto: Favânia Andrieli

Moderno, elegante, confortável, espaçoso, seguro, conectado e potente. Esses sãos os principais atributos do Chevrolet Equinox LT.

Mesmo nesta configuração considerada básica, tem mecânica forte e amplo pacote de itens de conforto e tecnologia embarcada. No quesito generosidade, o utilitário da Chevrolet tem detalhes exclusivos como acabamento com revestimento preto, rodas esportivas de alumínio com 18″ ou 19″, faróis tipo projetor de xenônio com luz de condução diurna em LED e grade frontal com moldura cromada e aletas em preto High Gloss. (Abilene Rodrigues)

Confira Matéria Completa

Audi A3 Ambiente

Foto: Favânia Andrieli

O  Audi A3 Ambiente 1.4 TFSI com 150 cv de potência e 250 Nm de torque com câmbio Tiptronic de seis velocidades. é um dos modelos de maior sucesso Audi em todo mundo, por ser familiar, mas que também se encaixa aos motoristas mais ousados. Que adoram um carro esportivo, mas com muito conforto, espaço e segurança.
Cuidado ao acelerar. O motor 1.4 turbo surpreende, sobretudo, nas arrancadas e retomadas. O A3 Ambiente voa baixo. Ele vai de 0 a 100 km/h em 8,8 segundos. A velocidade máxima é de 215 km/h. (Abilene Rodrigues) Leia Matéria Completa:

Ferrari 360 Modena

Foto: Cristian Rizzi

É tanto motor e história em torno de um carro que chega a emocionar só de tocar ao volante. Uma espécie de medo também. A 360 Modena tem um motor 3.6 litros V8 de 400cv de potência e acelera de 0–100 km/h em 4.3 segundos. E de 0-160 km/h (100 mph): 10.2s. Ela pode atingir 299 km/h (185 mph).

É como os carros de Fórmula 1. Tem uma caixa de câmbio semiautomática controlada por “borboletas” na coluna de direção. Ela mede 4,47 metros de comprimento, 1.92 metros de largura e tem 1,2 metros de altura. A 360 Modena pesa 1,2 mil quilos, pouco mais que um carro popular.

O modelo foi criado pela marca italiana, na cidade onde nasceu Enzo Ferrari e foi assinada pelo estúdio Pininfarina, entre 1999 e 2004. O motor V8 central é visível do traseiro. Foi o primeiro propulsor da Ferrari construído inteiramente em alumínio.

Leia Matéria Completa

Argo HGT

Foto: Favânia Andrieli

Não é à toa que o Argo HGT  tem colecionado bons resultados. O novato coleciona vários prêmios como o de melhor compra, melhor carro, melhor hatch, entre outros. O último foi o de menor desvalorização.

O HGT 1.8 – versão topo de linha com uma “pegada” bem esportiva – , está na lista dos hatches que menos desvalorizam no último ano. De 16 modelos, ele é segundo colocado. Perdeu apenas 5,5 %. O primeiro colocado é o Nissan March, com 3,1% de desvalorização. Os três últimos da lista são o Peugeot 208 Griffe 1.6 (11%), o Fiat Mobi Way 1.0 (14%) e o Renault Sandero Authentique (21%). Dados da KBB Brasil. (Abilene Rodrigues)

Leia Matéria Completa

Camaro

O Camaro está mais moderno no visual e com mecânica atualizada. Chega em março ao Brasil no modelo 2019 nas versões conversível e cupê com o potente motor V8 6.2, de 461 cavalos, inédita transmissão automática de 10 velocidades, a mesma usada pelo rival Ford Mustang, e suspensão recalibrada.

O novo Camaro vem equipado com sistema de injeção direta de combustível e comando de válvulas continuamente variável, aumentando assim a oferta do seu torque de 62,9 kgfm de força. O carro é rápido e acelera de 0 a 100 km/h em 4,2 segundos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente em 290 km/h. Em alta velocidade é imperceptível as melhorias com a nova transmissão automática de 10 velocidades. É bom avisar que o câmbio vem com a inédita launch control (função de controle de largada), um ponto a mais para quem gosta de performance. (Roberto Nunes)

Leia Matéria Completa

Prius

Foto: Favânia Andrieli

O Toyota Prius tem todos os atributos de um hatch médio premium. O visual é arrojado e futurista, tanto por fora como por dentro. É confortável, seguro e tem muitos equipamentos tecnológicos que facilitam a direção. Entre eles, sensor de estacionamento, controle de tração, comandos de som ao volante, computador de bordo, partida por botão, ar-condicional digital (dual-zone), câmbio automático cvt, piloto automático, entre outros que são apenas dele, como o silêncio. É até difícil perceber que está ligado.

Há três opções de condução. Normal: 50% elétrico e 50% à combustão. Power Mode, onde utiliza-se 70% de gasolina e 30% da bateria ou Eco Mode, utilizando 70% da bateria elétrica e 30% da gasolina.

Um dos detalhes que mais chamam a atenção é que a bateria não precisa de tomada para ser recarregada. Ela se auto recarrega quando ocorrem as frenagens. Isso ocorre nas desacelerações. O fluxo se altera, capaz de transformar energia cinética em elétrica. Quanto mais longa e forte for a frenagem, mais energia é direcionada para as baterias. Esses é um dos motivos porque é mais econômico na cidade. (Abilene Rodrigues)

Confira Matéria Completa: 

Kia Stinger

Foto: Favânia Andrieli

O Kia Stinger GT é daquele carro que você pilota e nunca mais esquece. A sensação é única. Um misto de adrenalina e medo.
Afinal, ele traz sob seu capô o motor V6, Lambda II, de 3.3 litros, GDI biturbo, à gasolina, que entrega até 370 cavalos de potência a 6.000 rpm e oferece torque de 52 kgm a 1.300-4.500 rpm.
O sedã cupê vai de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e atinge velocidade máxima de 270 km/h. O câmbio automático é de 8 marchas.
Quando se acelera, o corpo parece se encaixar no banco. Fica preso. Seguro.
Segundo o próprio Emerson Fittipaldi que ganhou uma série esepecial de 20 carros com seu nome  “Lauch Edition by Emerson Fittipaldi”, “parece que o Stinger se veste em você”.
Pura verdade, o encaixe é prefeito entre o homem. Sem contar a elegância do modelo. É lindo por dentro é espetacular por fora.  Ao volante dele, o mundo parece outro.
O preço de venda sugerido é de R$ 349.990. (Abilene Rodrigues)

Confira Matéria Completa

Creta Prestige

Foto: Favânia Andrieli

A gama de utilitários esportivos (SUV) tem crescido todos os dias. Há um para cada bolso e gosto. Entretanto, o Hyundai Creta Prestige 2019 está com um excelente diferencial e que merece de atenção. Não apenas pelo sistema Start Stop & Go que desliga o motor quando o carro está parado, ajudando a economizar combustível na cidade, mas o multimídia com televisão digital. Assim, ninguém perde o jornal ou o programa preferido.

O Sistema Star Stop & Go é uma tecnologia que desliga automaticamente o motor após alguns segundos da parada do veículo e volta a ligá-lo, também automaticamente quando se pretende voltar a movimentar o veículo. O objetivo é reduzir a missão de gás carbônico (CO2) e o consumo de combustível. No Creta o ligar e o desligar é quase imperceptível, bem diferente de outros modelos. (Abilene Rodrigues)

Leia Matéria completa:

Ranger 

Foto: Favania Andrieli

A Ranger é repleta de atributos. É a única picape média com cinco anos de garantia e com duas opções de motores diesel – o 3.2 de 200 cv e o 2.2 de 160 cv.  Apesar de tantas qualidades teve seus valores reduzidos em até 17%. A versão topo caiu de R$192.570 par R$188.990.

É a melhor parceira para quem necessita de uma picape robusta e confiável para o trabalho, mas também espera alto nível de tecnologia, conforto, segurança e dirigibilidade, que a torna também uma excelente opção para uso pessoal. (Abilene Rodrigues)

Leia Matéria Completa

Yaris XLS Sedan

Lançado em junho, o Yaris chegou como aposta da Toyota para enfrentar seus rivais hatches (Argo e Polo) e sedãs compactos (Virtus e City). A Sobre Rodas testou a versão sedã XLS, topo de linha da categoria. A briga é boa. O Yaris sedã é bom para estrada, ideal para a cidade.

A versão XLS vem equipada com motor 1.5 flex e transmissão automática CVT de seis velocidade, o mesmo já consolidado Etios. A versão está sendo vendida por R$ 85 mil.

O conjunto do carro atende às exigências do mercado, pois os brasileiros estão mais criteriosos e conscientes. Querem carros confortáveis, rápidos, econômicos que servem tanto para viajar com a família como para o trânsito caótico do dia a dia. O Yaris sedã atende bem a essas necessidades.

Leia Matéria Completa

Leaf

Já imaginou se livrar do posto de combustível? Poder carregar seu carro na tomada de casa, como se fosse um smartphone? E depois utilizar a bateria do carro para abastecer a casa em horários de pico? Essa tecnologia já existe.

Desde seu lançamento em 2010 já foram comercializadas 365 mil unidades do Nissan Leaf. Agora, chega ao Brasil. Nissan já anunciou a pré-venda do modelo por R$ 178.400.  Faça sua reserva.

O exterior é bastante semelhante aos hatchs médios premium, com visual elegante e dinâmico. O interior é espaçoso e com bom acabamento. Os bancos são de couro e o painel é bem elegante. (Abilene Rodrigues)

Confira Matéria Completa

Kwid Intense

Renault conseguiu manter no Kwid duas ótimas características do seu irmão maior, o Sandero: bom espaço interno (compatível com a categoria, claro) e posição mais alta de dirigir. Apesar de ter sido homologado como SUV por conta de sua altura maior de solo (180 mm) e ângulos de entrada e saída, podemos garantir: o habitat do Kwid é mesmo a cidade.

Com o maior entre-eixos do segmento, o porta-malas do Kwid é de bons 290 litros e dois adultos viajam bem nos bancos de trás. Ele se beneficia do baixo peso (758 kg) para ser ágil e prazeroso de dirigir mesmo com potência e torque baixos. (Cecília França)

Confira Matéria Completa: 

Virtus Highline TSI

O Volkswagen Virtus é um sedã pensado para a família, que se beneficia de seu amplo espaço interno. Bonito por fora, mas sem grandes arrojos no design, ele mantém o tradicionalismo no interior, tanto no uso dos materiais quanto na sobriedade do painel. Porém, família não gosta só de espaço. Pais e mães também querem carros potentes, que entreguem conforto ao dirigir no dia a dia e em viagens.
E de potência o Virtus Highline TSI entende. Cedida à reportagem da Sobre Rodas pela concessionária Cipasa, de Londrina, a versão topo de linha da gama cravou 10,87s no nosso teste de aceleração de 0km/h a 100km/h. Se você ainda tem restrições com o motor turbo da VW por ser 1.0, supere. (Cecília França)
Leia Matéria Completa: 

Deixe uma resposta